top of page
  • Foto do escritorSuellen Sampaio

Direitos e deveres do animal e seu tutor em voos domésticos

Saiba o que a companhia aérea precisa fornecer para transportar de forma adequada o seu animalzinho.






Todo mundo foi surpreendido essa semana com a notícia do falecimento de um cachorro da raça golden durante uma falha da Gol em transportar o animal doméstico para o destino correto.

Mas vocês sabem quais são os direitos e deveres do animal e seu tutor?

Quando se trata do transporte de animais domésticos em voos nacionais no Brasil, as companhias aéreas têm uma série de deveres e responsabilidades para garantir o bem-estar e a segurança dos animais. Estes deveres são estabelecidos tanto por regulamentações governamentais quanto por políticas internas das próprias empresas, visando assegurar que o transporte seja feito de forma ética e segura. Aqui estão os principais cuidados obrigatórios que as companhias aéreas devem adotar:

  1. Informações Claras e Transparentes: Antes da reserva do voo, a companhia aérea deve fornecer informações claras e transparentes sobre suas políticas relacionadas ao transporte de animais. Isso inclui informações sobre restrições de raças, tamanhos e tipos de animais que podem ser transportados, bem como os procedimentos e requisitos para o transporte.

  2. Documentação Necessária: A empresa deve orientar os passageiros sobre a documentação necessária para o transporte de animais, como certificados de saúde e vacinação. É importante que os proprietários dos animais estejam cientes de todos os documentos exigidos e que estejam em conformidade com as regulamentações pertinentes.

  3. Acondicionamento Adequado: A companhia aérea é responsável por garantir que os animais sejam acondicionados de maneira segura e confortável durante o voo. Isso pode incluir o uso de contêineres apropriados, que devem ser espaçosos o suficiente para que o animal possa ficar de pé, virar-se e deitar-se naturalmente.

  4. Atenção Especial durante o Embarque e Desembarque: Durante o embarque e desembarque, os funcionários da companhia aérea devem fornecer atenção especial aos animais, garantindo que sejam manuseados com cuidado e que seus contêineres sejam colocados e retirados do avião de forma segura.

  5. Condições de Temperatura e Ventilação Adequadas: É responsabilidade da companhia aérea garantir que as condições de temperatura e ventilação dentro da área de carga ou cabine de passageiros sejam adequadas para o transporte de animais. Isso é essencial para evitar estresse térmico ou desconforto para os animais durante o voo.

  6. Assistência Médica em Caso de Necessidade: Em caso de emergência médica durante o voo, a companhia aérea deve estar preparada para fornecer assistência veterinária imediata aos animais. Isso pode incluir acesso a profissionais médicos especializados em casos de lesões, doenças ou outros problemas de saúde que possam surgir durante o transporte.

  7. Comunicação com os Proprietários: Durante todo o processo de transporte, a companhia aérea deve manter os proprietários dos animais informados sobre o status de seus animais, garantindo que estejam cientes de qualquer atraso, mudança de rota ou problema que possa surgir durante o voo.

Cumprir esses deveres não apenas garante o bem-estar dos animais transportados, mas também promove a confiança dos passageiros na companhia aérea. Ao adotar práticas responsáveis e cuidadosas no transporte de animais domésticos, as companhias aéreas demonstram seu compromisso com o conforto e a segurança de todos os passageiros, incluindo os membros peludos de nossa família.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page